MEC e Microsoft firmam acordo para recuperar aprendizagem de mais de 38 milhões de estudantes

Atualizado: 26 de abr.

Acordo de Cooperação Técnica trará fortalecimento da disponibilização das soluções da Microsoft para cerca de 138 mil escolas públicas


Ministro de Estado da Educação, Victor Godoy, em uma solenidade realizada no Palácio do Planalto, com a presença do Presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou, na quarta-feira (12), a celebração do Acordo de Cooperação Técnica entre o Ministério da Educação (MEC) e a Microsoft, para disponibilização gratuita da solução Office 365 Educacional A1 (versão nuvem) para toda a educação pública brasileira, seja para a rede de ensino federal, estadual, distrital ou municipal.


A partir do Acordo firmado, gera-se um compromisso, entre o MEC e a Microsoft, de fomento e apoio às redes na consolidação dessas soluções para as instituições de ensino que desejarem. Com a medida, cerca de 138 mil escolas públicas e seus mais de 38 milhões de estudantes serão beneficiados.


Ainda no início de maio, o MEC pretende disponibilizar a primeira versão da plataforma a qual contemplará a solução Office 365 Educacional A1, bem como outras soluções de mercado de grandes provedores de tecnologia. Trata-se da primeira parceria celebrada pelo MEC para consolidação do Ecossistema de Inovação e Soluções Digitais Educacionais, que está sendo conduzida pela Subsecretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação.


Além de trabalhar pela recuperação das aprendizagens, os Acordos e ações derivadas têm como intuito aproximar a rede educacional ─ pública e privada ─ de provedores de tecnologia com soluções diversas para diferentes propósitos, cuja implantação potencializará o processo de inclusão e qualidade digital nas escolas e instituições, além de equalizar o acesso aos serviços digitais para educação. O projeto contemplará múltiplas ações e recursos, dando amplo conhecimento às redes, em um modelo de vitrine de oportunidades, contando com parcerias diversas e diferentes regimes e possibilidades de utilização das soluções.


Buscando estabelecer um modelo simplificado, porém, com a governança necessária, será disponibilizado o processo digital de adesão das instituições interessadas nas soluções e recursos disponíveis em catálogo simplificado e organizado do MEC. A partir do termo de parceria firmada e a simples adesão, não haverá necessidade de novos trâmites jurídicos ou administrativos para sua disponibilização e implantação, considerando as soluções de pronto uso.


Outros parceiros

O MEC informa que além da Microsoft, pioneira no projeto, também estão sendo ajustados e firmados acordos com Google, Amazon, Oracle, Adobe, entre outras empresas de tecnologia. Novos interessados em participar da iniciativa podem procurar o MEC, por meio da Subsecretaria de Tecnologia, para análise de viabilidade e consolidação de novas oportunidades, entrando em contato pelo e-mail: stic-gab@mec.gov.br


O projeto conta também com a atuação de parceiros estratégicos do Governo Federal, como Serpro, RNP e Empresas Públicas Estatais, com vistas a ampliar, otimizar e simplificar o processo de oferta de soluções personalizadas, com foco na desburocratização dos processos administrativos e jurídicos pelas redes educacionais.


A iniciativa conta, ainda, com frentes de atuação focadas em inovação, com modelos de negócio voltados para a potencialização de ingresso e oferta de startups da indústria educacional e governamental (edtechs e govtechs), bem como o foco na reutilização e escala de soluções existentes e consolidadas no contexto governamental, tanto em universidades, institutos ou redes estaduais e municipais de educação básica.


Fonte: Assessoria de Comunicação Social do MEC com informações da STIC https://www.gov.br/mec/pt-br/assuntos/noticias/mec-firma-parceria-com-microsoft-para-recuperacao-das-aprendizagens